Copyright © Nat Bespaloff
Design by Dzignine
21 de abr de 2017

Bem-vindo


Com você, veio a pausa para respirar, para assimilar o verdadeiro significado de existir. Lutamos contra os monstros do dia a dia e, agora, o bicho papão não é tão feio, muitas vezes surge com um sorriso, um abraço amigo, mas... hei, calma! Calma, serzinho, com você o mundo pode parar e respirar, voltar a caminhar nos trilhos, a ter mais cor e sentido. Com você, adultos amolecem o coração e percebem que ainda são crianças e que outros adultos também são, todos brincando de ganhar a vida, tudo sem perceber que ela já é ganha no momento que respiramos e você, pequeno ser, me fez pausar o mundo e sentir a paz na simplicidade do ato de amar. Saiba que agora respiro e percebo o quão bela a vida é, o quão complexa, pois o mundo gira tão rápido e muitas vezes perdemos oportunidades de dizer que amamos, que sentimos falta, que temos medo. Corremos o grande risco de tornar a nossa existência algo tão banal e corriqueiro, sei lá... Adulto é uma criança estranha! Às vezes, esquecemos de sorrir com o coração e mantemos o sorriso apenas nos lábios, enquanto no coração há uma pontada de tristeza. Nos machucamos mentindo sobre nosso próprio estado de espírito, pois achamos que demonstrar fraqueza e sentimento é algo infantil (ok que alguns 'adultos' não sabem brincar de lealdade e respeito, mas a vida ensina a selecionar). Hei, pequeno ser, saiba que o mundo ficou muito melhor com a sua existência. Sei que com a minha também, mas veja bem... Não perca a vida tentando ganhar a vida, pois ela já é um presente no instante em que você surgiu, sorriu e o mundo de alguém coloriu. Seja cor na vida de quem cruzar o seu caminho. Seja o presente na vida de quem for, aliás... que seus gestos sejam sempre 'com' e 'por' amor! [Texto: Nat Bespaloff - NATirinhas]
 


0 comentários:

Postar um comentário

oiiiii

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...