Copyright © Nat Bespaloff
Design by Dzignine
23 de abr de 2017

A Corrente do Bem - Faça


Se todos de fato utilizassem o que de melhor tem, se utilizassem o talento que possuem (sim, você tem um talento único, acredite!), ah, não teríamos que nos preocupar com baleia azul ou com seriados da Netflix que falam sobre suicídio ou depressão, tristeza. Sempre esperamos o gesto de afeto do outro, tipo: "Se o outro não faz por mim, por qual motivo vou fazer por alguém?" Não pense assim, apenas faça. Faça! Você não tem noção do quão importante é a sua presença para alguém que passa por um momento difícil, ou quer compartilhar uma conquista, ou divagar sobre suas incertezas, seus medos, sei lá, mania chata de criar muros ao invés de pontes. Sério, você não tem noção quão significativo seria receber um gesto de carinho seu, simples, porém sincero e de coração. Hei, você é ESPECIAL SIIIIM e não é preciso se vestir de um coração gigante e ficar pulando na porta da casa de alguém cantando músicas bregas, poxa, só é preciso te ver na porta com um sorriso e um chocolate (ou coxinha) nas mãos: "- Hei, vamos conversar?". Ou receber uma mensagem para recordar um momento no qual te marcou: "- Lembra aquele dia? Aquele dia você fez a diferença na minha vida". Ou abrir o coração e falar sobre sentimentos. Há momentos que todos parecem tão frios e focados em trabalho, trabalho, trabalho e passam horas com a cara emburrada sem sequer perceber um colega com lágrimas nos olhos. "Oras, mas tenho prazos". Sim, não menosprezando seus prazos, são importantes, mas nós (eu e você) temos nossos próprios prazos, digo, prazo de validade. Não espere ter tempo para demonstrar a gentileza ao entregar flores no túmulo de alguém especial, não espere o último instante, não perca o prazo, faça hoje. Faça sua vida e a vida de outro alguém valer a pena. Distribua gentilezas, crie um propósito que enriqueça a sua existência com amor. Colecione lágrimas de felicidades, acumule recordações de gentilezas e contribua para que a vida de outro alguém se torne mais leve e prazerosa. Somos instantes e incertezas, porém acima de tudo... somos amor!
  [Texto: Nat Bespaloff - Natirinhas]

<3 


0 comentários:

Postar um comentário

oiiiii

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...