Copyright © Nat Bespaloff
Design by Dzignine
19 de dez de 2016

Massinha de Modelar


"Acredito que somos como uma massinha de modelar, há pessoas que nos tocam com carinho e nos mudam, há pessoas que nos dão porrada e, também, nos mudam. Estamos sempre mudando e mudando o outro. A massinha de modelar dos sentimentos." - Nat Bespaloff - NATirinhas




~~Estamos Interligados~~


Texto: Tem que existir!
Sempre acreditei que a vida tem mais, tem que ter mais, tem que existir sentimentos mais profundos, fortes, que nos façam chorar de emoção, arrepiar ao se sentir ligado a alguém. Tem que existir algo a mais. Tem que existir! Tem que ter aquela força que nos motive a sair da cama, algo além de dinheiro, de status, de  poder. Tem que existir! Tem que existir algo que nos faça sentir orgulho da própria trajetória, além de diplomas, likes, bens materiais. Tem que existir uma forma de curar alguém que vá além, muito além, de remédios e Band-aid. Tem que existir! Há pessoas ao redor, há animais, há verde, há vida... Caramba, tem que existir um motivo para tudo isso. Há sentimentos aqui, há sentimentos aí, há tristeza, alegria, compaixão, angústia, medo, aflição em ambos os lados... tem que existir alguma razão. Tem que existir! Tem que existir o  motivo para um suspiro, para um sorriso, para uma lágrima, para um dia após o outro. Tem que existir um motivo para que a lembrança de quem nos deixou "pesar" tanto. Tem que existir! Tem que existir um motivo para tudo ser tão... momentâneo, instável, incerto, imensurável. Tem que existir! Qual o motivo de uma lembrança emocionar? De uma lágrima nos comover? Qual o motivo de querer fazer a diferença? Qual o motivo de sonhar? Qual o motivo da vida? Qual o nosso motivo de existir? Talvez, não sei, mas talvez estejamos aqui para consertarmos uns aos outros, montarmos nossas melhores versões através de cada pedacinho de quem - emocionalmente - nos toca e sermos eternos nas lembranças de quem nos ama. Quando formos embora, deixaremos o que fomos (nossas atitudes em forma de lembranças) e levaremos o que nos deixarem levar (tomara que sejam os sentimentos). Que nossa bagagem seja grande, que nossas lembranças sejam presentes para quem fica.
Pois, tem que existir um motivo, uma razão.
Tem que existir!
Texto: Nat Bespaloff
 

0 comentários:

Postar um comentário

oiiiii

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...